Panax ginseng

Panax ginseng

Os estudos científicos aqui contemplados são para informação somente. Os resultados reportados não necessariamente ocorrerão em todos os indivíduos. A SetYou provê tal informação como um serviço gratuito e não recebe qualquer compensação pelos estudos referenciados.

O Ginseng Coreano, de nome científico Panax ginseng, é uma planta medicinal originária da região da China e Coréia do Norte, utilizada há milhares de anos pelos povos orientais e é considerada uma das plantas mais conhecidas e utilizadas na Medicina Tradicional Chinesa em diversas situações como inquietação e ansiedade, esquecimentos frequentes, insônia, fadiga muscular, baixa imunidade, entre outras. Por esse motivo, também é chamado de “elixir da vida longa”.

Os efeitos bioativos do Ginseng Coreano são atribuídos às dezenas de compostos presentes em sua raiz, tais como: ginosídeos (um tipo de saponinas), polissacarídeos, flavonóides, vitaminas do complexo B, aminoácidos (como tirosina, lisina, histidina, arginina), minerais, etc. No entanto, apesar da presença de grande diversidade de compostos, os ginosídeos se encontram em quantidades mais elevadas e são os principais responsáveis pelos efeitos atribuídos ao Ginseng Coreano.

É considerada uma planta adaptógena, ou seja, auxilia o organismo a se adaptar a fatores externos/ambientais adversos e minimizar eventuais danos que podem ser provocados por estes, portanto pode apresentar efeito estimulante, fornecendo mais energia e vitalidade ao corpo, ou efeito relaxante do Sistema Nervoso Central, contribuindo para a melhora da memória e do foco.

Assim, o Ginseng Coreano pode ser utilizado com o intuito de recuperar o equilíbrio do metabolismo, auxiliando na melhora da imunidade, e do Sistema Nervoso Central, ajudando também na capacidade de aprendizado, memorização e foco, assim como na redução dos níveis de estresse e os sintomas associados.

Os mecanismos de ação do Ginseng Coreano são diversos e estão sendo constantemente e amplamente estudados, uma vez que seus diferentes compostos podem apresentar efeitos em diferentes tipos de células e tecidos, de forma simultânea e complementar. É possível destacar alguns deles, tais como:

 

  1. Ação anti-stress: A ação sobre o eixo HPA (hipotálamo-pituitária-adrenal), favorece a adaptação e rápida resposta do organismo ao stress e/ou ansiedade e contribuindo para preservar o equilíbrio metabólico e reduzir possíveis danos causados pela exposição a agentes estressores, sem a presença de efeitos adversos.

  2. Ação cognitiva: Auxilia na regulação da transmissão do impulso nervoso e no equilíbrio da disponibilidade dos neurotransmissores, buscando minimizar qualquer dano celular. É capaz de regular a liberação e recaptação da acetilcolina na fenda sináptica, permitindo melhorar a função colinérgica. Além disso, compete com receptores de outros neurotransmissores (como o GABA, serotonina, entre outros), inibindo sua recaptação. Esses mecanismos associados levam ao incremento da capacidade cognitiva, da concentração, da memória e de funções sensoriais.
  1. Ação imunomoduladora: Possui atividade anti-inflamatória relacionada ao estímulo da produção, da ativação e da ação de células de defesa (anticorpos, linfócitos, macrófagos, células NK - natural killer, citocinas) e à supressão da resposta inflamatória, auxiliando no equilíbrio da resposta aos antígenos e no fortalecimento da imunidade.
  1. Ação antioxidante: Efeito protetor contra os níveis e a ação dos radicais livres no organismo, por meio da inibição de vias metabólicas relacionadas ao estresse oxidativo.

Estudos sobre Ginseng Coreano

Diversos estudos têm demonstrado os benefícios do uso do Ginseng para a saúde do organismo como na redução do estresse, na melhora da concentração, no fortalecimento da imunidade, entre outros. Abaixo são destacados alguns deles:

Memória, Concentração e Estresse

Em estudo de 2020, randomizado, duplo cego, placebo controlado, com o objetivo de identificar a eficácia do Ginseng coreano na melhora da memória e atenção e redução do estresse. 50 indivíduos saudáveis e com relato de cansaço foram alocados para receber o Ginseng Coreano em 2 doses diferentes ou o placebo, durante 12 dias. Posteriormente, realizado testes de funções cognitivas, memória e score de stress. 

Ao final do estudo, observou-se que o grupo suplementado apresentou resultados significativamente superiores em relação à atenção, memória e escores de estresse em comparação ao grupo placebo.

Função cognitiva

Um estudo publicado em 2019, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, teve como objetivo investigar o efeito da suplementação de Panax Ginseng  na melhora da cognição. Um total de 90 voluntários com comprometimento cognitivo leve foram alocados aleatoriamente no grupo “ Ginseng” , para receber 3g por dia do suplemento, ou no grupo “Placebo”, por 6 meses. Ao final deste período foi possível observar melhora na capacidade cognitiva por testes e questionários de avaliação neuropsicológica, demonstrando que o Ginseng Coreano é capaz de exercer efeito benéfico na função cognitiva.

Em estudo duplo-cego e placebo controlado de 2006, 27 jovens saudáveis completaram em 10 minutos um teste cognitivo. Em seguida, receberam cápsula de ginseng ou placebo. Após 30 minutos, tomaram bebida contendo glicose ou placebo. Por fim, após 60 min desde a cápsula de Ginseng ou placebo, os participantes realizaram teste cognitivo mais uma vez. Os resultados mostraram que o Panax GInseng além de ter um efeito glicoregulador tem efeito no aumento cognitivo.  

Energia

Um estudo randomizado, duplo cego e placebo controlado de 2013 investigou os efeitos do Panax Ginseng em  90 pessoas com fadiga crônica idiopática. Ginseng ou placebo foi administrado para seus respectivos grupos por 4 semanas, e posteriormente os níveis de fadiga foram monitorados. Os pacientes tratados com Ginseng tiveram os níveis de fadiga significativamente menores comparados a placebo. Esse resultado foi considerado evidência do efeito antifadiga do Panax Ginseng em indivíduos com fadiga crônica.

Qualidade de vida

Um estudo randomizado e duplo-cego de 2002 procurou avaliar a qualidade de vida geral de seus participantes usando um questionário de status geral de saúde. 

Para um grupo de 15 pessoas foi administrado 200mg de Panax Ginseng por dia, e para outro grupo também de 15 pessoas foi administrado placebo. Em ambos os grupos por 8 semanas. O questionário citado foi usado antes do estudo, após 4 semanas, e após 8 semanas. 

Ao se analisar os resultados, antes do estudo não havia diferença entre os 2 grupos. Após 4 semanas, o grupo que usou Ginseng apresentou pontuações maiores para sociabilidade, saúde mental e componentes mentais como um todo. Após 8 semanas essas diferenças diminuíram.

A conclusão dos pesquisadores foi de que Ginseng melhora aspectos mentais e sociais, mas que com o uso contínuo após 8 semanas essas diferenças diminuem um pouco.

Referências:

1 Efficacy of Panax ginseng Meyer Herbal Preparation HRG80 in Preventing and Mitigating Stress-Induced Failure of Cognitive Functions in Healthy Subjects: A Pilot, Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Crossover Trial

Pierre-Antoine Mariage, Areg Hovhannisyan, Alexander G Panossian, 2020

2 Cognition enhancing effect of panax ginseng in Korean volunteers with mild cognitive impairment: a randomized, double-blind, placebo-controlled clinical trial

Key-Chung Park, Hui Jin, Renhua Zheng, Sehyun Kim, Seung-Eun Lee, Bo-Hyung Kim, Sung-Vin Yim, 2019

3 Effects of Panax ginseng, consumed with and without glucose, on blood glucose levels and cognitive performance during sustained 'mentally demanding' tasks

Jung-Ick Byun, Yu Yong Shin, Sung-Eun Chung, and Won Chul Shin, 2006

4 Antifatigue Effects of Panax Ginseng C.A. Meyer: A Randomised, Double-Blind, Placebo-Controlled Trial

Hyeong-Geug Kim, Jung-Hyo Cho, Sa-Ra Yoo, Jin-Seok Lee, Jong-Min Han, Nam-Hun Lee, Yo-Chan Ahn, Chang-Gue Son, 2013

5 Effects of Panax ginseng on quality of life

Jennifer M Ellis, Prabashni Reddy, 2002